O perfil do aluno

 

Os estudantes de Arquitetura e Urbanismo têm um perfil bastante variado, o que coincide com a sua atividade profissional futura, ligada a uma gama enorme de possibilidades de atuação num mundo em constante transformação. Arte e técnica são habilidades a serem desenvolvidas e que são compatíveis ao mesmo tempo com diferentes perfis e interesses.

A expressão gráfica manual alinhada aos mais avançados recursos digitais de desenho e modelagem são atividades estimuladas e desenvolvidas ao longo do curso, considerando todo o apoio de que o aluno precisa, incluindo softwares de desenho e laboratórios especializados.

 

A inserção no mercado de trabalho

 

O mercado de trabalho para a área de Arquitetura e Urbanismo é amplo e diversificado. A UniNorte fornece uma série de oportunidades de colocar os estudantes frente as opções disponíveis, compartilhando experiências através de eventos, palestras e atividades de modo a apresentar os nichos de atuação e potencialidades da carreira.

 

Para enriquecer ainda mais essa experiência, egressos da Uninorte visitam regularmente o campus a fim de relatar aos atuais estudantes sobre sua passagem pela universidade e sobre as perspectivas do mercado. Além disso, desenvolvemos cuidadoso trabalho na implantação de um Escritório modelo, que tem o intuito de aproximar o estudante da realidade social e econômica da região assim como também das empresas e agentes públicos atuantes do ramo.

 

O esforço constante da UniNorte em inserir profissionais completos no mercado mostra uma preocupação humanista da Instituição. E isso vale não só para o aluno, mas também para todas as pessoas que serão direta ou indiretamente atingidas por seus serviços prestados.

 

Além disso, o egresso do curso de Arquitetura e Urbanismo tem as seguintes atribuições profissionais:

 

• Arquitetura e Urbanismo, concepção e execução de projetos;

• Arquitetura de Interiores, concepção e execução de projetos de ambientes;

• Arquitetura Paisagística, concepção e execução de projetos para espaços externos, livres e abertos, privados ou públicos, como parques e praças, considerados isoladamente ou em sistemas, dentro de várias escalas, inclusive a territorial;

• Patrimônio Histórico Cultural e Artístico, arquitetônico, urbanístico, paisagístico, monumentos, restauro, práticas de projeto e soluções tecnológicas para reutilização, reabilitação, reconstrução, preservação, conservação, restauro e valorização de edificações, conjuntos e cidades;

• Planejamento Urbano e Regional, planejamento físico-territorial, planos de intervenção no espaço urbano, metropolitano e regional fundamentados nos sistemas de infraestrutura, saneamento básico e ambiental, sistema viário, sinalização, tráfego e trânsito urbano e rural, acessibilidade, gestão territorial e ambiental, parcelamento do solo, loteamento, desmembramento, remembramento, arruamento, planejamento urbano, plano diretor, traçado de cidades, desenho urbano, sistema viário, tráfego e trânsito urbano e rural, inventário urbano e regional, assentamentos humanos e requalificação em áreas urbanas e rurais;

• Topografia, elaboração e interpretação de levantamentos topográficos cadastrais para a realização de projetos de Arquitetura, de Urbanismo e de Paisagismo, foto-interpretação, leitura, interpretação e análise de dados e informações topográficas e sensoriamento remoto;

• Tecnologia e resistência dos materiais, dos elementos e produtos de construção, patologias e recuperações;

• Sistemas construtivos e estruturais, estruturas, desenvolvimento de estruturas e aplicação tecnológica de estruturas;

• Instalações e equipamentos referentes à arquitetura e urbanismo;

• Conforto Ambiental, técnicas referentes ao estabelecimento de condições climáticas, acústicas, lumínicas e ergonômicas, para a concepção, organização e construção dos espaços.

• Meio Ambiente, Estudo e Avaliação dos Impactos Ambientais, Licenciamento Ambiental, Utilização Racional dos Recursos Disponíveis e Desenvolvimento Sustentável.