W50: Santander abre inscrições para Programa de bolsas de estudos para mulheres

  • Compartilhar
Sexta-feira, 05 de Abril de 2019 às 16h39

O Santander, em conjunto com a Anderson School of Management da Universidade da Califórnia, em Los Angeles (UCLA), abre inscrições para o Programa W50.  As inscrições vão até 29 de abril de 2019, pelo endereço https://www.becas-santander.com/program/santander-w50.

O Programa é dedicado à capacitação do público feminino, trazendo conteúdo focado na liderança em meio acadêmico e empresarial.

O Programa W50, em sua sétima edição, é projetado para mulheres profissionalmente maduras, que já possuam ampla experiência no mercado de trabalho e com alto potencial, caracterizado pela sua motivação e compromisso com os objetivos pessoais e organizacionais. O curso acontecerá entre os dias 23 e 28 de junho de 2019.

O objetivo do Santander ao criar o W50 é dar meios, colaborar e capacitar a próxima geração de líderes mulheres globais para ocuparem cargos de liderança, fortalecer o relacionamento institucional com as universidades e reafirmar o compromisso do Banco com a educação. Visa, ainda, desenvolver o autoconhecimento, valorizar a diversidade de estilos de liderança e criar uma rede de relacionamento entre mentores.

As 45 mulheres selecionadas receberão uma Bolsa Santander de estudo que inclui deslocamento, hospedagem, curso e materiais a serem utilizados. A proficiência em inglês é requisito indispensável para que as candidatas sejam aprovadas, visto que as aulas serão no idioma.

Sobre o Santander Universidades

O Santander foi reconhecido pelo ranking Global Fortune 500 como a empresa que mais investe em educação no mundo. Criado há mais de 20 anos, o Santander Universidades é pioneiro em desenvolver uma oferta adequada para cada fase de vida do estudante e investe fortemente na educação superior: desde 1996, foram mais de €1,6Bi em todo o mundo. Até hoje, já foram concedidas mais de 290 mil bolsas de estudos em 21 países, nos quais mantém parceria mais de 1,1 mil universidades. No Brasil, são mais de 300 grupos conveniados.